igh" allowscriptaccess="samedomain Reflexões Presentes: Mais molho, por favor!

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Mais molho, por favor!


"Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;" II Timóteo 4:3


Temos a tendência de melhorar o que não nos agrada. Às vezes descartamos logo de cara, mas às vezes dá para dar um jeitinho de ficar mais vistoso.

É o que acontece com a bíblia.

Doutrinas que não agradam, são imediatamente descartadas ou "melhoradas". Vão pondo mais "molho" para que fique mais gostoso. Quando acham que a bíblia não tem "graça", colocam um pouco mais de molho para disfarçar.

Quantos de nós aceitamos a bíblia com molho? Poucos são os que buscam as respostas, os que investigam a "verdade" ali oferecida.

Não somos mais crianças.

Temos que procurar ir a fundo em certas doutrinas que são tidas como um "mistério da bíblia" ou um "mistério de Deus". Temos que imitar os bereanos que foram achados nobres por examinarem as palavras que lhes eram ditas: "Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim." (Atos dos apóstolos 17:1)


Tem você crido no evangelho de Cristo? Ou... mais molho, por favor!

Um comentário:

Trabalhadores do Reino disse...

Marla,
vc tem raão, este é um dos textos que mais me chama atenção. o verso seguinte diz:

E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas.

E é o que temos visto hoje. Fico aterrorizada em ver como as pessoas tem facilidade de aceitar tudo o que não é bíblico mas tem tanta dureza para encarar a Bíblia.

Ela não fala de rosa ungida, copo com água, lenço ungido, e tantos subterfúgios que inventam hoje pra fugir do que realmente leva o homem para o céu. Crer e obedecer à Palavra de Deus, viver o arrependimento genuínio e a entrega da vida (não de bens) para Jesus (e não este sistema de barganhas). E hoje estão se entregando às fábulas, como a tanto tempo foi dito.

Que Deus abençoe e prospere o teu trabalho nele.

Abraços!

Elenilda Gramiscelli Sales
trabalhadoresdoreino.blogspot.com